Conheça São José do Calçado

O município de São José do Calçado possui como referência principal estar localizado no entorno da “Serra do Caparaó”.

O município vive num contesto tipicamente rural, a economia se baseia na agropecuária ou nas pequenas atividades caseiras como, agroindústrias ou produção de artesanato.



Esse quotidiano agrega valores ao imenso poder de atratividade turística do Caparaó, que oferece além do esplendor da cadeira rochosa, cachoeiras e corredeiras, ainda pouco exploradas.

A população estimada no ano de 2019 é de 10.556 pessoas, conforme dados do IBGE. O nome gentílico para os nascidos nessa cidade é  calçadense.

O clima de São José do Calçado é quente (dezembro a março), frio (maio a julho) e temperado (no restante dos meses).

O Agroturismo, o Ecoturismo e o Turismo de Aventura, desenvolvidos de forma planejada e sustentável garantem melhor qualidade de vida à comunidade e melhor utilização do patrimônio natural local.

Código: São José do Calçado

O município de São José do Calçado fica ao Norte das cidades de Alegre e Guaçuí; ao Sul  de Bom Jesus do Norte; ao Leste de Bom Jesus do Norte, Apiacá e Mimoso do Sul e a Oeste – Estado do Rio de Janeiro.

Feriados e Datas Comemorativas Municipais

  • Padroeiro São José – 19 de março,
  • Festa do município (data móvel)

Datas que contam a história de São José do Calçado

1847 – Chegada ao Vale do Itabapoana dos irmãos Antônio e José Dutra Nicácio, acompanhando a comitiva do Alferes Francisco da Silva Pinto.

1855 – Doação das terras para a fundação de um patrimônio por José Dutra Nicácio, em louvor a São José

7 de novembro de 1855 – Data oficial de sua fundação, quando erigiram um tronco de madeira e lhe deram o nome de Patrimônio de São José do Calçado, usando o nome do rio que o cortava

19 de março de 1856 – Rezada a primeira missa na capela de São José, sob a jurisdição da Freguesia de São Pedro do Itabapoana.

26 de janeiro de 1857 – Criação de uma sub-delegacia com jurisdição sobre todas as fazendas das vertentes do Rio Itapemirim, Rio Alegre, Rio Veado e Rio Calçado.



16 de novembro de 1871 – O patrimônio é elevado à categoria de Distrito de Cachoeiro do Itapemirim e Sede de sua própria freguesia, com o nome de Freguesia de São José do Calçado.

1 de novembro de 1890 – O Distrito é elevado à categoria de vila e emancipado de Cachoeiro, com o nome de Município da Vila do Calçado.

15 de março de 1891 – Toma posse a Primeira Intendência Municipal, sob a presidência de José Francisco Furtado de Mello, um de seus fundadores, juntamente com o negro Marciana e Caboclo Valério.

30 de junho de 1892 – É criada sua comarca, que vigora até 1900, para ser novamente empossada em 1915.

19 de dezembro de 1892 – Tomou posse a Primeira Câmara Municipal da vila do Calçado, com o nome de Governo Municipal, tendo como presidente o Coronel Antônio Honório da Fonseca e Castro

5 de abril de 1895 – Criação, pela Câmara Municipal da Vila do Calçado, dos Distritos da Sede, Alto Calçado, Palmital, Barra do Calçado, Barra Alegre e Jardim.

22 de julho de 1899 – As terras do Patrimônio de São José deixam de pertencer à Igreja Católica e passam para a Jurisdição da municipalidade

5 de julho de 1923 – A vila do Calçado é elevada à categoria de “cidade” mudando o nome para Município de São José do Calçado.

25 de março de 1963 – O Distrito de Bom Jesus do Norte se desmembra de São José do Calçado, formando seu próprio município.

Para Saber Mais Sobre o Município de São José do Calçado Visite o Site da Prefeitura CLICANDO AQUI



Sandra Santos

O site girocapixaba.com é a concretização de um sonho, onde o foco é o turismo do estado do Espírito Santo. Não me canso de dizer: "O Estado do Espírito Santo é Lindo!"

Website: http://sandrasantos.net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *