Santa Leopoldina: Sete Cachoeiras Belíssimas para Conhecer

Santa Leopoldina é uma das principais colônias do Estado do Espírito Santo. O lugar escolhido pelo imperador Dom Pedro II para iniciar sua viagem pelo estado.




Localizado na região serrana do Espírito Santo e a apenas 47 quilômetros da capital capixaba (Vitória), o município é um convite irrecusável a quem busca, em um mesmo passeio, contemplar belezas naturais, recarregar as energias e conhecer um pouco mais da história dos imigrantes e das heranças que deixaram e sobrevivem até hoje em Santa Leopoldina.

Leia Também: Santa Leopoldina: Filha do Sol e das Águas

No município há cinco rotas turísticas: Circuito das Cachoeiras, Circuito dos Cemitérios, Rampa de Voo Livre, Circuito Gastronômico e Circuito Colônia Tirol.

As muitas cachoeiras que embelezam o município – um dos principais motivos para que a cidade seja lembrada com muito carinho pelos visitantes – são encontradas em meio às trilhas ou em parques e sítios de fácil acesso.

As duas quedas d’água mais conhecidas são a Cachoeira da Fumaça e o Véu de Noiva, presentes em milhares de registros fotográficos nas redes sociais. Porém, existem no total de sete cachoeiras belíssimas em Santa Leopoldina que vamos apresentar agora:

Cachoeira do Rio do Meio

A cachoeira tem mais de 200m de extensão e forma várias quedas. A última queda, com altura de cerca de 20m, possui razoável volume de água limpa, cor clara e temperatura moderada, variando durante o ano.

Após a última queda, forma-se uma piscina natural com areia no fundo de cerca de 30m de diâmetro.

Como Chegar: ES-080, sentido Cariacica, com percurso de 13km. Entra-se à direita por um acesso não pavimentado, sentido Mangaraí. Segue-se pela direita até esta localidade, onde, logo apôs, dobra-se à esquerda, chegando-se ao atrativo, com percurso de 12km.

Cachoeira das Andorinhas

A cachoeira situa-se entre morros com pastagens e, no seu entorno, há uma grande área gramada com quiosques e mesas de madeira, bar, área de camping e uma roda d’água.

Como Chegar: ES-355 sentido Santa Maria de Jetibá passando pela ponte do Funil, pela usina hidrelétrica de Suíça, com percurso de 05km. Entra-se à esquerda por um acesso não pavimentado, regular, na placa de sinalização deste atrativo, passa-se por três pontes até a entrada do atrativo, com percurso de 03km.

Código: ST33kk44

Cachoeira da Fumaça

A cachoeira possui duas quedas. A primeira, com aproximadamente 03m de altura e a segunda, com 25m. Há razoável volume de água que varia conforme as chuvas. Após as quedas, existem duas piscinas naturais, uma com cerca de 80m de comprimento por 30m de largura e outra com dimensões menores.

A água é limpa e clara, com temperatura moderada, variando durante o ano. No entorno do atrativo há montanhas, pedras, mata ciliar e um bar. Localiza-se em propriedade particular, porém com acesso permitido e gratuito.

Como Chegar: ES-355, sentido Santa Maria de Jetibá, com extensão de 02km. Entra-se à esquerda na ponte do Funil, por um acesso não pavimentado, precário, depois se dobra à esquerda na placa de sinalização deste atrativo, passa-se por oura ponte e vira-se à direita, chegando-se ao atrativo. Este último percurso há 02km de extensão.

Cachoeira do Moxafongo

A cachoeira está localizada entre porções de mata. Sua queda há cerca de 20m de altura. Forma-se abaixo um poço com aproximadamente 04m de largura e 10m de comprimento. A partir daí, formam-se corredeiras e, mais adiante, uma escorregadeira que descende até uma piscina natural com bancos de areia as suas margens.

A água é limpa e transparente, com temperatura moderada, variando durante o ano. Do atrativo, avista-se o conjunto de morros com remanescentes de Mata Atlântica. No seu entorno, há um restaurante, bar, área de camping, churrasqueiras, mesas e bancos espalhados por todo o lado, com guarda-sol e, às vezes, sombreados por árvores de porte médio. No local há boa infra-estrutura para receber o turista.

Há sinalização turística no seu acesso.

Como Chegar: Rodovia Bernardino Monteiro, sentido Santa Teresa. Passa-se pela Pousada Bosque da Prata, com percurso de 09km

Cachoeira Véu de Noiva

A cachoeira descende de uma altura de 70m e há 08m de largura e razoável volume de água, semi-clara, com temperatura fria, variando conforme a época do ano.

Após a queda, há a formação de uma garganta de pedras por onde a água escoa, formando-se, logo abaixo, outras quedas e poços de água natural.

Para se acessar a cachoeira do restaurante, percorre-se 280m por trilha limpa na mata. Há em uma das margens uma vegetação densa, típica de Mata Atlântica. O local é propício para a prática de caminhada ecológica. O acesso é permitido e gratuito, porém, no verão, cobra-se entrada.

No local há infra-estrutura turística com suítes e leitos. Camping com capacidade para 40 barracas. Restaurante com capacidade para 50 lugares. Contato pelos telefones (27) 3338- 0037 / 9969-2654 / 3073-2274.

Cachoeira do Retiro

Há a formação de várias piscinas naturais que antecedem a cachoeira.

Possui uma queda com cerca de 2,5m de altura e largura de aproximadamente 10m. Em uma das margens, há uma formação rochosa que se estende por uma grande extensão à beira das águas. Após a queda, há formação de um poço com 20m de diâmetro.

A água é semi-clara, de coloração esverdeada, com temperatura moderada, variando conforme a época do ano. O acesso é livre e gratuito.

Como Chegar: ES-355 sentido Cariacica, com percurso de 13km. Entra-se à direita por um acesso não pavimentado, regular, sentido Retiro, seguindo-se pela esquerda até a placa de sinalização deste atrativo, que fica à margem da rodovia. Este percurso há 04km.




Sandra Santos

O site girocapixaba.com é a concretização de um sonho, onde o foco é o turismo do estado do Espírito Santo. Não me canso de dizer: "O Estado do Espírito Santo é Lindo!"

Website: http://sandrasantos.net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *