Santa Leopoldina: Filha do Sol e das Águas

Santa Leopoldina é um município que possui uma das mais significativas diversidades étnicas do Espírito Santo, abrigando, em função de sua ocupação histórica, 13 etnias: prussianos, saxônios, holandeses, suíços, tiroleses, luxemburgueses, hessienses, bandenses, holsacianos, nassauenses, belgas, franceses e ingleses. Essa diversidade de etnias refletiu na construção da identidade local.




Leia Também o Artigo: Santa Leopoldina: Sete Cachoeiras Belíssimas para Conhecer

Durante quase meio século seu comércio foi significativamente dinâmico e a colônia foi a terceira mais populosa, só perdendo para Blumenau e Dona Francisca em Santa Catarina. Os tropeiros desciam a serra íngreme vindo de Baixo Guandu, Santa Teresa, Itaguaçú, Afonso Cláudio e Marechal Hermes.

O Município tem na agropecuária a base de sua economia, principalmente na cultura cafeeira, na horticultura, na fruticultura e na produção leiteira. O agroturismo se apresenta como uma das atividades de potencial econômico para a geração de trabalho e renda no município.

A topografia extremamente acidentada coberta por Mata Atlântica e formada por diversos afloramentos rochosos compõe, em conjunto com o Rio Santa Maria da Vitória, seus afluentes e matas ciliares, além das 42 cachoeiras e corredeiras, o patrimônio natural do município. Por esse motivo, Santa Leopoldina é intitulada por seus habitantes como a Filha do Sol e das Águas.

É possível encontrar em toda a extensão territorial do município um rico e diversificado patrimônio arquitetônico. A região central da cidade, tombada pelo Conselho Estadual de Cultura, concentra um inestimável acervo arquitetônico e urbanístico.

A zona rural concentra um grande acervo de fazendas, e principalmente, nas proximidades das localidades rurais, encontramos uma grande quantidade de edificações que embora demonstrem grande simplicidade construtiva, retratam as condições vividas pelos imigrantes no início da colonização, garantindo a elas um grande valor cultural, principalmente por apresentarem claras características das diversas etnias que as edificaram.

Vale do Canaã

O vale está localizado no limite dos municípios de Santa Leopoldina e Santa Maria de Jetibá, constituindo zona de litígio.

Fica situado entre os lagos das represas Suíça e Rio Bonito, com altitude máxima de 560 m. Há construções rurais típicas luso-brasileiras embora seus moradores sejam de origem alemã.

A paisagem é composta por matas, lavouras de hortaliças e pastagens.

Este vale possui grande importância histórica para o município, por ter sido cenário da aventura de Mickal e Lentz em Canaã, publicado por Graça Aranha em 1902. Esta obra retrata a saga dos imigrantes europeus no Espírito Santo no início do século XX e os seus sonhos de encontrar a terra prometida.

Como Chegar: o acesso indicado para apreciação do atrativo é pela rodovia ES-355, sentido Santa Maria de Jetibá, no limite deste município com Santa Leopoldina, a partir de aproximadamente 20km da sede.

Vale do Rio da Prata

Os vales da região têm em seu entorno diversas cachoeiras, como a cachoeira Véu de Noiva, uma das equipadas do município. Na região do vale podem-se praticar diversos esportes de aventura.

Como Chegar: partindo da Avenida Presidente Vargas na sede urbana, virar a direita passando pela Rua Bernardino Monteiro, pela ponte municipal, seguindo novamente a direita até o início do trecho de 08 km de estrada não pavimentada de onde se pode avistar o vale.

Código: Dg330g44

Museu do Colono

O Museu do Colono situa-se no centro histórico da cidade em meio ao casario que compõe o sítio histórico, tombado pelo Conselho Estadual de Cultura.

O museu foi criado pelo governador Christiano Dias Lopes e inaugurado em 18 de abril de 1969. Inicialmente foi denominado Museu do Imigrante.

Posteriormente, sua construção sofreu uma reforma e no governo de Arthur Carlos Gerhardt Santos mudou o seu nome para Museu do Colono.

Em 23 dezembro de 1994, ocorreu a última reforma pelo Governo Estadual.

No prédio do museu há dois pavimentos.

O primeiro há um acervo histórico com quadros e objetos doados pela comunidade. No segundo pavimento encontra-se o mobiliário e objetos que pertenceram à família Holmeister.

Endereço: Avenida Presidente Vargas, nº 1.501. Centro Histórico. Área urbana.

Venha conhecer Santa Leopoldina!



Sandra Santos

O site girocapixaba.com é a concretização de um sonho, onde o foco é o turismo do estado do Espírito Santo. Não me canso de dizer: "O Estado do Espírito Santo é Lindo!"

Website: http://sandrasantos.net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *