ROTAS CAPIXABA

As diversas ROTAS CAPIXABA foram desenvolvidas para destacar ainda mais o estado do Espírito Santo no cenário nacional e competitivo do turismo.

 ROTA DO VERDE E DAS ÁGUAS

Corresponde, em sua maior parte, ao Litoral Norte do estado do Espírito Santo. Nele se encontram praias de características variadas, várias lagoas, como a de Juparanã, em Linhares, a Ilha de Guriri, o Porto de São Mateus e a Vila de Itaúnas. Destaca-se o turismo sol e praia, o histórico e cultural e o ecológico.

 

ROTA CAMINHO DOS IMIGRANTES

Principal área de colonização de imigrantes europeus que desembarcavam no Porto de Vitória, subiam de canoas até Santa Leopoldina e de lá seguiam para o interior para cultivar café. Destaca-se o agroturismo, o ecoturismo e o turismo histórico.

Formada pelos municípios de: Aracruz, Conceição da Barra, Linhares, Rio Bananal, São Mateus e Sooretama.

ROTA DO MAR E DAS MONTANHAS

Corresponde, em sua maior parte, á bacia do rio Jucu, área de colonização européia, principalmente alemã e italiana. No interior o relevo apresenta altitudes elevadas, abrigando a Pedra Azul. Destaca-se o turismo ecológico e de montanha, o agroturismo e o turismo histórico e cultural.

Formada pelos municípios de: Vitória, Viana, Domingos Martins, Marechal Floriano e Venda Nova do Imigrante.

ROTA DA CAPARAÓ

Áreas que circulam o Parque Nacional do Caparaó, onde se localiza o Pico da Bandeira. Destaca-se o ecoturismo e o agroturismo.

Formada pelos municípios de: Alegre, Jerônimo Monteiro, Guaçuí, São José do Calçado, Dores do Rio Preto, Divino São Lourenço, Ibitirama, Irupi, Iúna, Muniz Freire e Ibatiba.

 

ROTA DO SOL E DA MOQUECA

Corresponde ás a´reas de ocupação portuguesa mais antiga e, atualmente, abriga a maior parte da Região Metropolitana. Oferece várias modalidades de turismo, tais como o de sol e praia, o náutico, o religioso, o histórico e cultural, o de negócios e o gastronômico.

Formada pelos municípios de: Vitória, Serra, Guarapari, Vila Velha e Anchieta


ROTA DA COSTA E DA IMIGRAÇÃO

Área bastante diversificada, procura enaltecer os imigrantes que chegaram ao sul do estado pelo porto de Anchieta. Destacam-se o turismo sol e praia, o histórico e cultural, o religioso, o de aventura e o ecoturismo.

Formada pelos municípios de: Alfredo Chaves, Anchieta, Iconha, Piúma, Itapemirim, Marataízes e Presidente Kennedy.


ROTA DOS VALES E DO CAFÉ

Representa as áreas pioneiras de plantação de café no estado, Possui vários casarões coloniais. É também uma área de destaque na produção de mármore e granito. Destacam-se o turismo histórico e cultural, de negócios e agroturismo.

Formada pelos municípios de: Vargem Alta, Cachoeiro de Itapemirim, Muqui e Mimoso do Sul.


ROTA IMPERIAL

Concluída em 1816, definiu o intercâmbio entre as cidades de Ouro Preto (MG) e Vitória (ES), consolidando a ocupação do território nos locais por onde passava.

Fazem parte da Rota Imperial 17 municípios de Minas Gerais e 14 do Espírito Santo. São eles: Castelo, Conceição do Castelo, Cariacica, Domingos Martins, Iúna, Ibatiba, Ibitirama, Irupi, Muniz Freire, Viana, Santa Leopoldina, Santa Maria de Jetibá, Venda Nova do Imigrante e Vitória.

TEXTO ATUALIZADO EM: 03/03/2019.

Sandra Santos

O site girocapixaba.com é a concretização de um sonho, onde o foco é o turismo do estado do Espírito Santo. Não me canso de dizer: "O Estado do Espírito Santo é Lindo!"

Website: http://sandrasantos.net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *