Município de Conceição do Castelo

O que hoje é a cidade de Conceição do Castelo criou-se a partir da propriedade do aldeamento imperial Afonsino, instalado à margem esquerda do Rio Castelo, pelo Engenheiro Frederico Willner, seu primeiro administrador.

Toda a região (que incluía os atuais municípios de Conceição do Castelo, Castelo e Venda Nova do Imigrante) era primitivamente habitada pelos índios Puris ou Botocudos. A fartura propiciada por uma das mais ricas florestas em variedades de animais e vegetais.




Saiba mais sobre a história de Conceição do Castelo no site da prefeitura CLICANDO AQUI.

Em torno de 1700, na província do ES, os bandeirantes Estevão Barbosa, Manuel de Camargo e Bartolomeu, junto ao Governador Geral D. João Lancaster fizeram história ao pesquisarem ouro nas cabeceiras dos sertões da capitania (Sertão de Alto Castelo).


Leia Também:

Conheça a Cidade de Linhares

Conheça a Cidade de Colatina

Conheça a Cidade de Cariacica


Clique na Imagem e Saiba Mais

Apareceram outros pesquisadores e do local onde hoje é a Serra do Castelo (Serra da Povoação), partiram estradas que levaram a descoberta de metais preciosos.

Quando os primeiros europeus chegaram em busca de riquezas depararam com vários grupos indígenas, especialmente a família Puri-Coroado presente no sul do Estado.

A partir de 1752 afluía grande número de habitantes para as Matas de Castelo, onde havia mina de ouro, as quais despertam a avidez de muitos que tornaram aquele lugar o mais procurado da Capitania.

A paz entre brancos e índios foi alcançada com trabalho de catequese dos Jesuítas em suas missões, durante até a expulsão destes Jesuítas pelo Marques de Pombal, quando a paz alcançada terminou.

Conceição do Castelo 01

A luta intensificou- se até que em 1771 os Puris atacaram as Minas de Castelo, obrigando os mineradores a abandonar a região. Somente em 1809 as minas foram reativadas e em 1830 cessou sua exploração aurífera. Entre 1820 e 1824, foi construída a Estrada Nova do Rubim, ligando as capitanias do Espírito Santo a Minas Gerais.

Ela tinha guarnições militares dispostas em quartéis para segurança dos viajantes contra ataques indígenas. Dava passagem a mercadorias e boiadas, mas, em 1830, o movimento já era bastante reduzido, devido a queda do interesse pela estrada.




Em 1858 já existiam casas cobertas de telhas, outras de palhas, paios, chiqueiros, lavouras e outras benfeitorias. Em 1871, a lei provincial número nove eleva o aldeamento a categoria de freguesia de Nossa Senhora da Conceição do Aldeamento Imperial Afonsino.

Simultaneamente fora criada a primeira paróquia da região das Minas de Castelo, a paróquia de Nossa Senhora do Aldeamento Imperial Afonsino, confirmada em 1900 por D. João Batista de Correa Nery.

 A atual denominação do município é explicada por vários fatores, merecendo destaques dois deles: um está relacionado à impressão que os aspectos geográficos causaram um desbravador vindo da costa que comparou a região a um castelo (Serras como altas muralhas), e aliando a homenagem ‡ padroeira da paróquia, surge o nome Conceição do Castelo.

O outro está ligado a grande devoção religiosa dos primeiros habitantes europeus por Maria, Nossa Senhora da Conceição, influenciando na escolha do nome em homenagem a Santa.

Em 1891, Conceição do Castelo já tem a condição de 4º Distrito Territorial de Cachoeiro do Itapemirim. Em 1928 Castelo emancipa-se e compreende Conceição do Castelo como Distrito até sua emancipação, no ano de 1963.

Feriados e Datas Comemorativas Municipais

  • 8 de dezembro – Padroeira Nossa Senhora da Conceição.
  • 9 de maio – Emancipação do Município.

Localidade do Município de Conceição do Castelo

O município fica a norte dos municípios de Brejetuba e Afonso Cláudio;  ao sul do município de Castelo;  ao leste do município de Venda Nova do Imigrante; e a oeste do município de  Muniz Freire.


Leia Também: Rota da Cachaça no Espírito Santo


Igreja Matriz Nossa Senhora da Conceição

No interior da Igreja, no retábulo atrás do altar, estão as imagens de Nossa Senhora da Conceição, Santo Antônio, São Sebastião, Santa Terezinha e Santa Rita. Nas laterais, há o Sagrado Coração de Jesus e Nossa Senhora Aparecida.

No teto forrado em madeira, sobre o altar, aparece a pintura da Sagrada Família, e no teto da nave da Igreja, há Nossa Senhora Aparecida, Nossa Senhora do Carmo, Nossa Senhora de Lourdes, Sagrado Coração de Maria, Nossa Senhora das Graças, Nossa Senhora da Penha, Nossa Senhora de Fátima, Sagrado Coração de Jesus, Nossa Senhora dos Inocentes, Nossa Senhora da Consolação e, ao Centro, Nossa Senhora da Conceição.

Possui coreto com acesso através de escada caracol. Apresenta duas portas laterais e três frontais, além da sacristia. Em anexo há a casa Paroquial e o Memorial Frei Alaor.

A edificação é do ano de 1904 e pertence à congregação Agostiniana. As imagens do altar, citadas acima, vieram de Portugal.




Onde Ficar?

Hospede-se com Airbnb

Conhece o Município de Conceição do Castelo? Compartilhe Conosco nos Comentários.

Sandra Santos

O site girocapixaba.com é a concretização de um sonho, onde o foco é o turismo do estado do Espírito Santo. Não me canso de dizer: "O Estado do Espírito Santo é Lindo!"

Website: http://sandrasantos.net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *