Conheça Marataízes: “Pérola Sul Capixaba”

Marataízes está localizada no litoral Sul do estado do Espírito Santo. Trata-se de um balneário que concentra um grande número de lagoas, que em harmonia com as falésias e mais de 20 km de litoral, compõe um ambiente natural que encanta a comunidade local e aos turistas que escolheram Marataízes como seu destino da viagem.




Marataízes é uma cidade privilegiada com clima tropical e cenários de raras belezas naturais. Com areia dourada, a´guas calmas e coqueiros que enfeitam a paisagem. A cidade acolhe o público com um clima sempre muito agradável.

Acredita-se que o nome “Marataízes” tem sua origem da língua tupi-guarani, com o significado “água que corre para o mar”.

Marataízes é um marco na história da colonização do Estado, pois foi em suas águas que grande parte dos imigrantes aportaram. Por essas águas também escoaram o café e a cana-de-açúcar, que movimentavam a economia local e Regional.

Atualmente o Porto está na lembrança, o que vem a enriquecer o produto turístico de Marataízes, que se constitui na memória identificada em ruínas como o Trapiche e o Palácio das Águias e o riquíssimo patrimônio natural, expresso nas praias, lagoas, falésias e todo o entorno do Município.

Para saber mais da história da cidade basta acessar o site da Prefeitura Municipal de Marataízes

Conforme dados do IBGE, a população estimada da cidade para o ano de 2018 é de apenas 38.108 pessoas.

Em divisão territorial datada de 2007, o município é constituído de apenas 2 distritos: Marataízes e Barra do Itapemirim.

Turismo de Marataízes

Para quem está visitando Marataízes as praias são atrações turísticas inesquecíveis. São elas:

  • Praia do Siri
  • Praia de Lagoa Dantas
  • Praia de Lagoa Funda
  • Praia das Pitas
  • Praia dos Cações
  • Praia Central
  • Praia da Rosa
  • Praia da Cruz
  • Praia do Pontal
  • Praia da Areia Preta
  • Praia da Colônia
  • Praia da Barra
  • Praia das Arraias
  • Praia Cidade Nova
  • Praia das Falésias

As Ruínas do Trapiche

Trapiche está localizado na foz do Rio Itapemirim, no Porto da Barra, próximo ao ponto de encontro das águas do rio Itapemirim com as águas do mar.

Foi construído no início do século XIX pelo Barão de Itapemirim e era um imponente prédio de dois pavimentos no Porto da Barra.


Leia Também: Ruínas do Trapiche e Suas Histórias


A obra foi erguida à base de materiais importados servindo como ponto de apoio durante a colonização para as exportações e importações de produtos do Brasil e do exterior.

Funcionava como um ponto de apoio para as exportações e importações de produtos do Brasil e do exterior.

A importância desta construção era muito grande para a economia capixaba,  além de ser um precioso patrimônio arquitetônico.

Código: Marataízes

Palácio das Águias

O Palácio das Águias é um patrimônio cultural do Espírito Santo, tombado em 1998 juntamente com o velho Trapiche, abriga também a Biblioteca Municipal de Marataízes.

Entretanto, a construção recebeu esse nome por causa das duas águias que foram colocadas em seu telhado, em homenagem aos dois filhos de Simão Rodrigues Soares, um negociante que adquiriu a mansão em 1903.

Construído no século XVIII funcionou como hospedaria do principal porto fluvial do Espírito Santo. No século XIX sofreu grande intervenção que “ecletisou” a edificação bem ao gosto da época. Foi palco de grandes festas e decisões políticas enquanto casa da família Soares, seus últimos proprietários.




Lagoa do Sirí

A Lagoa do Sirí é um local muito tranquilo para quem gosta de levar as crianças para tomar banho ou apenas conversar com amigos

No mês de março é costume acontecer o Festival Lagoa do Siri, que faz parte do “Projeto Águas de Março” promovido pela prefeitura. Como canta Elis Regina e Tom Jobim… “São as águas de março fechando o verão”. Nesse evento acontece uma programação bem divesificada com aulas gastronômicas, atrações musicais e muita comida deliciosa.

Em março as águas das praias estão ainda mais claras e calmas. A região possui paredões com mais de 40 metros de altura, que formam mirantes naturais e dão o charme local.

A localização da Lagoa do Sirí fica a aproximadamente três metros do mar. É uma das mais belas paisagens da região, muito frequentada pelos turistas. Trata-se de um encontro de águas doce com a água salgada. De um lado a Praia do Siri do outro a Lagoa do Siri. O local possui excelente estrutura de alimentação e hospedagem.


Leia Também: Horário da Viação Sudeste partindo de Marataízes


Capela de Nossa Senhora dos Navegantes.

É uma construção imponente erguida na foz do Rio Itapemirim que salta aos olhares de quem passa por ali.

A sua construção foi iniciada em 1855, pelo frade capuchinho Paulo Casanova, auxiliado pelos fiéis. Os trabalhos foram interrompidos por falta de recursos, sendo retomados nos anos 70, quando a construção passou a ser dirigida e fiscalizada por Simão Rodrigues Soares que também concorreu com parte das despesas das obras.

O relatório do Presidente da Província, Dr. Domingos Monteiro Peixoto, de 1875, diz que em 28 de outubro foi entregue a Manoel Ferreira Braga, a quantia para auxiliar a conclusão das obras.

Todavia, não informa o valor concedido. Simão Rodrigues Soares, segundo Maria Stella de Novais, foi ajudado na construção da Igreja pelos capites de navios que aportavam na Barra e lhe traziam pedras para a edificação, como lastro das embarcações.

Em 1886, o Bispado do Rio de Janeiro concede permissão para a conclusão da capela, em virtude da dependência da Igreja Capixaba a Mitra daquele Estado.

A benção e inauguração da Capela de Nossa Senhora dos Navegantes deram-se em 1887. Abençoou D. Pedro Maria de Lacerda.

E você? Conhece Marataízes? Tem boa lembranças deste lugar? Comente neste artigo.




Sandra Santos

O site girocapixaba.com é a concretização de um sonho, onde o foco é o turismo do estado do Espírito Santo. Não me canso de dizer: "O Estado do Espírito Santo é Lindo!"

Website: http://sandrasantos.net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *