Macros e Micros Capixabas: regiões turísticas

Sabe-se que o turismo capixaba estimula o surgimento de novas oportunidades de emprego, dessa forma evitando que moradores locais migrem para outros centros em busca de trabalho.




Entretanto dos 78 municípios capixabas, 62 estão divididos em 10 regiões turísticas.

Além das regiões turísticas, de acordo com o SEDETUR, o estado do Espírito Santo está dividido em 4 (quatro) macrorregiões (mesorregiões) e 12 (doze) microrregiões.

Os macros e microrregiões do estado do Espírito Santo foram criados, pelas leis: Lei 5.120 de 30/11/95 (DOE 01/12/95) alterada pelas leis: Lei nº 5.469 de 22/09/97 (DOE 23/09/97), Lei 5.849 de 17/05/99 (DOE 18/05/99) e Lei 7.721 (DOE 14/01/04). E a Lei Complementar nº. 318 de 18 de janeiro de 2005 reestruturam a Região Metropolitana da Grande Vitória (RMGV)

Então a divisão regional do Espírito Santo por macrorregiões é apresentada da seguinte forma:

Macrorregiões de Planejamento:

  • Metropolitana: Metropolitana, Metrópole Expandida Norte, Metrópole Expandida Sul, Central Serrana;
  • Norte: Litoral Norte, Extremo Norte;
  • Noroeste: Pólo Colatina, Noroeste I, Noroeste II; e
  • Sul: Pólo Cachoeiro, Caparaó.

Microrregiões Administrativas de Gestão:

  • Metropolitana: Cariacica, Fundão, Guarapari, Serra, Viana, Vila Velha e Vitória.
  • Pólo Linhares: Aracruz, Ibiraçu, João Neiva, Linhares, Rio Bananal e Sooretama.
  • Metrópole Expandida Sul: Alfredo Chaves, Anchieta, Iconha, Itapemirim, Marataízes e Piúma.
  • Sudoeste Serrana: Afonso Cláudio, Brejetuba, Conceição do Castelo, Domingos Martins, Laranja da Terra, Marechal Floriano e Venda Nova do Imigrante.
  • Central Serrana: Itaguaçu, Itarana, Santa Tereza, Santa Leopoldina, Santa Maria de Jetibá e São Roque do Canaã.
  • Litoral Norte: Conceição da Barra, Jaguaré, Pedro Canário e São Mateus.
  • Extremo Norte: Montanha, Mucurici, Pinheiros e Ponto Belo.
  • Pólo Colatina: Alto Rio Novo, Baixo Guandu, Colatina, Marilândia, Pancas e Governador Lindenberg.
  • Noroeste I: Água Doce do Norte, Barra de São Francisco, Ecoporanga, Mantenópolis e Vila Pavão.
  • Noroeste II: Águia Branca, Boa Esperança, Nova Venécia, São Gabriel da Palha, São Domingos do Norte e Vila Valério.
  • Pólo Cachoeiro: Apiacá, Atílio Vivácqua, Bom Jesus do Norte, Cachoeiro de Itapemirim, Castelo, Jerônimo Monteiro, Mimoso do Sul, Muqui, Presidente Kennedy, Rio Novo do Sul e Vargem Alta.
  • Caparaó: Alegre, Divino de São Lourenço, Dores do Rio Preto, Guaçuí, Ibatiba, Ibitirama, Irupi, Iúna, Muniz Freire e São José do Calçado.

REGIÕES CAPIXABAS

Já o governo do estado, de conformidade com seu conselho estadual de turismo, elaborou o Plano de Desenvolvimento Sustentável do Turismo do Espírito Santo, abrangendo as diretrizes do governo quanto ao desenvolvimento turístico no Estado do Espírito Santo.

Todavia, as estratégias lançadas são de ações regionalizadas, orientadas através de sua participação no Programa de Regionalização do Turismo – Roteiros do Brasil, promovidos pelo Ministério do Turismo do governo federal.

De acordo com a SEDETUR, para efeito do Plano de Desenvolvimento Sustentável do Turismo, o Espírito Santo foi dividido em dez regiões, a saber:

Código: ST33kk44
  • Região do Caparaó;
  • Região do Verde e das Águas;
  • Região Doce Pontões Capixaba;
  • Região Extremo Norte;
  • Região das Pedras, Pão e Mel;
  • Região dos Imigrantes;
  • Região da Costa e da Imigração;
  • Região Metropolitana;
  • Região Montanhas Capixabas;
  • Região Sul.

Cidades Capixabas que compõe as regiões turísticas:

Região do Caparaó: Alegre, Divino de São Lourenço, Dores do Rio Preto, Guaçuí, Ibatiba, Ibitirama, Irupi, Iúna, Jerônimo Monteiro e São José do Calçado.

Região da Costa e da Imigração: Alfredo Chaves, Anchieta, Iconha, Marataízes e Piúma.

Região Doce Pontões Capixaba: Baixo Guandu, Colatina, Governador Lindenberg, Mantenópolis, Marilândia, Pancas, São Domingos do Norte

Região dos Imigrantes: Ibiraçu, Itaguaçu, Itarana, João Neiva, Santa Leopoldina, Santa Maria de Jetibá, Santa Teresa, São Roque do Canaã

Região Metropolitana: Cariacica, Fundão, Guarapari, Serra, Viana, Vila Velha e Vitória.

Região das Montanhas Capixabas: Afonso Cláudio, Brejetuba, Castelo, Conceição do Castelo, Domingos Martins, Laranja da Terra, Marechal Floriano, Vargem Alta e Venda Nova do Imigrante

Região das Pedras, Pão e Mel: Boa esperança, Nova Venécia, São Gabriel da Palha, Vila Pavão e Vila Valério

Região dos Vales e do Café: Cachoeiro de Itapemirim, Mimoso do Sul e Muqui

Região do Verde e das Águas: Aracruz, Conceição da Barra, Linhares, Rio Bananal, São Mateus e Sooretama.

Região Doce Terra Morena: Montanha e Mucurici.

Portanto o estado do Espírito Santo é lindo. Venha conhecer o estado e se encantar com o turismo capixaba!




Sandra Santos

O site girocapixaba.com é a concretização de um sonho, onde o foco é o turismo do estado do Espírito Santo. Não me canso de dizer: "O Estado do Espírito Santo é Lindo!"

Website: http://sandrasantos.net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *